T-Mobile G1 Apple iPhone 3G
Tamanho 4.60 polegadas x 2.16 polegadas x 0.62 polegadas
 
5.5 polegadas x 2.4 polegadas x 0.48 polegadas
Tela 3.2 polegadas  3.5 polegadas
Navegação Touch-screen, QWERTY keyboard, trackball e teclas. Sem multi-touch.  Touch-screen, Botão Home. Multi-touch.
Câmera 3.2 megapixels  2.0 megapixels
Conectividade Quad-band GSM, dual-band UMTS, Wi-Fi. Bluetooth Quad-band GSM, tri-band UMTS/HSDPA, Wi-Fi. Bluetooth  
Acelerômetro Sim Sim 
GPS Sim Sim 
Maps  Google Maps, Trânsito, e Street View. Também tem um guia de tela do GPS. Google Maps com Trânsito e Satellite View. Sem Street View
Memória Cartão MicroSD expandível até 8GB. Vem com cartão de 1GB  8GB ou 16GB, sem expansão
E-Mail  Push GMail, POP3, IMAP POP3, IMAP, Suporte ao Exchange
Sincronia  Over-the-air Desktop e over-the-air
Caixa postal com interface visual  Não Sim 
Loja de Música Amazon MP3 Store  iTunes Store
Loja de aplicações  Android Market. O SDK é open source e as aplicações não passam por aprovações nem serão vetadas.  iTunes Application Store. Aplicações precisam de aprovação da Apple e podem ser vetadas.
Mensagem Multimídia (MMS)  Sim Não
Copiar e Colar  Sim Não
Discagem por Voz  Sim Não
Fone de 3.5mm  Não Sim
Bateria Removível  Sim Não
Preço USD$ 179 com um contrato de dois anos USD$ 199 com um contrato de dois anos para o modelo de 8GB e USD$ 299 para o de 16GB


Anúncios

HTC

O primeiro celular com o sistema Android do Google foi apresentado ao mercado hoje – o G1 da HTC. Seu design não supera o do iPhone da Apple, porém o G1 possui algumas vantages sobre o concorrente: todos os aplicativos serão de graça e o usuário poderá utilizar vários ao mesmo tempo. 

O celular G1 funcionará em parceria com o site Amazon para o download de músicas, o que o coloca em concorrência direta com o iPhone da Apple. 

“Comemoramos o lançamento do G1 da T-Mobile, que colocará um grande catálogo de músicas a preços bons ao alcance das mãos de um número ainda maior de consumidores, em um número ainda maior de lugares”, declarou a Amazon em um comunicado. 

O anúncio foi feito horas antes de a T-Mobile informar sobre seu novo celular, o primeiro a usar o sistema operacional Android desenvolvido pela Google.