HP Pavilion Elite m9460br

HP Pavilion Elite m9460br

A HP anunciou uma série de desktops no Brasil que devem chegar a partir do mês de novembro. Desde modelos mais básicos, até máquinas poderosas, como o HP Pavilion Elite m9460br. E é desse último que vamos falar agora.

 

Para começar, configurações básicas já empolgam: Intel Core 2 Quad Q8200, 6 GB de RAM e HD de 500 GB. Ok, vai, com processador e memória desse nível, 1 TB no disco rígido não faria mal a ninguém. Mas não é isso que vai tirar o mérito da máquina.

O computador vem com leitor de Blu-ray e HD DVD (para quem guardou como relíquia) e gravador de DVD com suporte a Lightscribe, aquele recurso que grava rótulos nas mídias. Nos gráficos, ela vem com uma NVDIA GeForce 9300 GE com memória dedicada de 256 MB e saída de TV, DVI e HDMI.

Para o áudio, a máquina vem com um conjunto Realtek configurável para seis alto-falantes em 7.1 canais. Há também um sintonizador de TV e FM com software para gravar a programação e um controle remoto da HP integrado ao Media Center do Windows.

Completam o pacote um leitor de cartões de memória 15 em 1 e um monitor HP w2207, de 22 polegadas. O preço, que não deve ser muito atrativo, ainda não foi divulgado.

Aliás, veja a versão anterior do HP Pavilion Elite m9460br, o Media center m9360br, na seção Reviews do site da INFO.

Dica: para suportar 6 GB de memória RAM, a versão do Windows precisa ser de 64 bits. No caso, o HP vem com Windows Vista Home Premium de 64 bits. Máquinas que tenham versões do Windows de 32 bits – ainda a maioria, aliás – aproveitam apenas 3 GB de RAM. Ou seja, se você está se achando com seu superpc de 4 GB de RAM com um sistema operacional de 32 bits, pode chorar, porque 1 GB de RAM está sendo jogado fora.

Anúncios

Amazon Tablet

A Amazon PC acaba de lançar no mercado o Amazon Tablet, um notebook com tela de 12,1 polegadas touchscreen (sensível ao toque). A configuração do Amazon PC Tablet é bem decente, com um processador Core 2 Duo T5550 de 1,83 GHz, 4GB de RAM, disco rígido de 250 GB, gravador de DVD, leitor de impressões digitais, webcam e sistema Windows Vista Home Premium. O modelo pesa 2,1 quilos e estará disponível em duas cores (preto e branco). 

O único detalhe desagradável é o preço: R$ 3.699,00

O AV310 da Vuzix projeta uma tela que equivale a uma tela de 52 polegadas a dois metros de seu olho.
É compatível com NTSC e PAL, e pode ser utilizado em conjunto com:

  • iPod
  • Media players portáteis
  • Câmeras de vídeo
  • Celularares com saída de vídeo
  • Videogames
  • Câmeras digitais
  • DVD

Especificações:

  • Formato 16:9 wide-screen
  • Ajuste de foco independente para cada olho
  • LCD com alta resolução
  • Fones confortáveis e removíveis
  • Autonomia de até 5 horas de vida em uma pilha AA
  • Controles Onscreen
  • Pode ser utilizado em conjunto com óculos
O produto começa a ser vendido ainda este mês por USD$ 250.

A Mobimax anunciou hoje no Brasil uma central multimídia para automóveis que traz os mesmos recursos dos aparelhos já integrados a painéis de veículos como Civic, Fit, Jetta, Passat, Golf e Tucson.

O gadget inclui GPS, CD e DVD Player, rádio, sintonizador de TV aberta e Audio Car Theater. Entre os recursos, a central traz bluetooth viva-voz (HFP), audio streaming (A2DP) para reprodução de arquivos de áudio em estéreo do celular ou MP3 player, controle remoto, entrada auxiliar de vídeo, porta USB e entrada para cartão de memória SD.

A tela da central pode variar entre 6,2 e 7 polegadas, de acordo com o painel do veículo em que for instalado. O painel de LCD é sensível ao toque e permite controlar as funções multimídia do aparelho.

Para carros que possuem mais itens de série, o aparelho se integra com o sensor de marcha-ré e sensores de estacionamento. Há também sensor de freio de mão para reprodução de vídeo. A instalação é feita com chicotes originais e a potência do equipamento varia entre 180 a 200 W.

Entre os opcionais oferecidos, estão ainda o monitoramento da pressão dos pneus, câmera de marcha-ré e interface de conexão específica para iPod.

A Central Multimídia estará disponível a partir de junho em lojas automotivas com preço sugerido de 5 990 reais.

Cientistas da Univesidade de Swinburne desenvolvem um projeto de nanotecnologia que pretende incluir um petabyte –quatrilhão de bytes– em um só disco, informou o jornal britânico “The Inquiror” na segunda-feira (7).

Com a tecnologia, o disco suportaria uma quantidade de dados 20 mil vezes superior ao dos discos Blu-ray e poderia armazenar até 200 mil vezes mais que os atuais DVDs.

Segundo afirmam os pesquisadores, um CD normal possui espessura de 1,2 milímetros, mas a informação guardada com a tecnologia atual ocupa cerca de 0,1% do volume total. Os outros 99,9% do espaço do disco é desperdiçado.

O projeto, que tem duração de cinco anos e um milhão de dólares de investimento, tem por objetivo desenvolver uma técnica em que este espaço a mais seria utilizado.

A idéia dos pesquisadores é aumentar o número de camadas que podem ser usados para armazenar os dados.

A Sony se tornou o primeiro grande estúdio a adquirir licença para a produção de DVDs antigos e clássicos pelo serviço de produção por encomenda de DVD da HP.O serviço MOD permite a Sony oferecer um maior número de opções de títulos de catálogos para consumidores pois a HP pode prensar e enviar um único disco à medida que ele é encomendado nos sites afiliados.

A Sony não divulgou os títulos – que inclui programas clássicos, filmes estrangeiros e independentes, especialmente programas religiosos e de culinária, e eventos esportivos locais – devido aos custos de manter estoques e a dificuldade de atender a demanda, disse David Bishop, presidente da Sony Pictures Home Entertainment.

“Nós sabemos que existe uma forte demanda por estes títulos e trabalhando com a HP nós podemos monetizar nosso grande acervo e ajudar a dar aos varejistas os meios de disponibilizar uma maior oferta de produtos da Sony Pictures para os consumidores sem investimentos significantes em estoques”, disse Bishop em comunicado.

A HP assinou com outros 40 provedores e digitalizadores aproximadamente 5 mil títulos para seu acervo eletrônico desde que seu serviço foi disponibilizado há um ano, disse Doug Warner, vice-presidente do serviço de produtos digitais.

Fonte: Info Exame
http://info.abril.com.br/aberto/infonews/012008/24012008-8.shl