outubro 2008


– Madame, estou precisando de um aumento.

A senhora muito chateada perguntou:

– Maria, porque você acha que merece um aumento? Você só está aqui há 3 meses.

– Madame, há três razões porque eu acho que mereço um aumento. Em primeiro lugar eu passo as roupas melhor do que a senhora.

– Quem foi que disse isso?

– Foi o patrão quem disse. Em segundo lugar eu cozinho melhor do que a senhora.

– Que absurdo, quem disse isso?

– Foi o patrão quem disse. Em terceiro lugar eu sou melhor na cama que a senhora.

– Filha da Puta. Foi meu marido quem disse isso também?

– Não madame, foi o motorista…

– QUANTO VOCÊ QUER DE AUMENTO???

O velho padre, durante anos, havia trabalhado fielmente com o pessoal da Amazônia, mas agora estava morrendo no Hospital de Base de Brasília. De repente ele faz um sinal para a enfermeira, que se aproxima.

– Sim, padre? diz a enfermeira.
– Eu queria ver o presidente Lula e o José Dirceu antes de morrer, sussurrou o padre.
– Acalme-se, verei o que posso fazer, respondeu a enfermeira.

De imediato, ela entra em contato com o Palácio do Planalto e com José Dirceu. Logo recebe um aviso: ambos gostariam muito de visitar ao padre moribundo.

A caminho do hospital, Dirceu disse a Lula:

– Eu não sei por que o velho padre quer nos ver, mas por certo isso vai ajudar a melhorar nossa imagem perante a igreja, nós que sempre enfrentamos embaraços com ela.

Lula concordou. Era uma grande oportunidade para eles e até um comunicado oficial à imprensa, sobrea visita, foi expedido.

Quando chegaram ao quarto, o velho Padre, pegou a mão de Lula, com sua mão direita, e a mão de José Dirceu, com sua esquerda. Houve um grande silêncio e se viu um ar de pureza e serenidade no semblante do Padre.

José Dirceu, então, falou:

– Padre, porque fomos os escolhidos, dentre tantas pessoas, para estar ao seu lado no seu final?

O velho padre, lentamente, falou:

-Sempre, em toda a minha vida, procurei ter como modelo o nosso senhor Jesus Cristo.
-Amém, disse Lula.
-Amém, disse Zé Dirceu.

E o padre continuou:

– Como ele morreu entre dois ladrões, eu queria fazer o mesmo!

Os fundadores do Bondfaro anunciaram hoje que estão lançando um site de pesquisa sobre viagens. Guilherme Pacheco, José Guilherme Pierotti e Roberto Malta, fundadores do Bondfaro, colocaram no ar hoje o site de pesquisa sobre viagens Mundi – http://www.mundi.com.br. A primeira rodada de investimentos no valor de 3 milhões de dólares, foi feita por um grupo de investidores. O site integra conteúdo de serviços de terceiros, como Google Maps, Wikipedia e Panoramio (fotos de localidades).

  • Ter a certeza de que o filho é seu
  • Poder simular o orgasmo
  • Poder ficar excitada na praia
  • Exame ginecológico é bem melhor que um exame da próstata
  • A estrela é sempre a noiva. O noivo é mero acessório
  • Dia internacional
  • Mulher de embaixador é embaixatriz; marido de embaixadora não é nada

Grêmio = Sepultura
Um de nossos sucessos internacionais. Mas na terra do molejo e do samba faceiro – exceção feita ao seu público fiel – muitos acham que eles pegam pesado demais.

Corinthians = Michael Jackson
Um dos mais populares da história, envolveu-se em escândalos e até mudou de cor. Têm apostado em criancinhas como Lulinha e Dentinho.

Palmeiras = Aerosmith
A banda tem enorme tempo de estrada. Mas suas músicas só atingem o estrelato quando faz alguma parceria.

São Paulo = Queen
Já foi eleita a melhor do mundo uma quantidade de vezes. E um dos seus integrantes é assumidamente homossexual.

Santos = Beatles
Nos anos 60, não tinha pra ninguém, até hoje é lembrado no mundo inteiro pelos sucessos de 40 anos atrás.

Vasco = Oasis
Banda de qualidade e importância inquestionáveis. Todo mundo quer gostar dela quando ouve, mas a imagem do líder Euricão Gallagher faz muita gente sentir aversão.

Internacional = Led Zeppelin
Reinou nos anos 70 e morreu nos 80. Seus líderes conseguiram juntar os cacos e voltar nos anos 2000, com uma inesquecível turnê mundial.

Atletico MG = Raul Seixas
Mesmo sem ter alcançado o estrelato tantas vezes, conseguiu se consolidar como um dos artistas mais populares do país. Seus fãs são tão apaixonados que tem fama de malucos.

Fluminense = Titãs
Banda charmosa e simpática. No Brasil, é querida por muitos. O problema é que ninguém nunca ouviu falar fora de nossas fronteiras.

Botafogo = Rolling Stones
Seria o maior da década de 60, se não houvesse um rival mais popular…
Teve seu Satisfaction em Garrincha. Há alguns anos retomou o rumo e está feliz da vida.

Cruzeiro = Paralamas do Sucesso
Na América do Sul é respeitado e campeão de vendas. Mas quando participa de um festival com bandas européias é café com leite.

Flamengo= Jorge Ben Jor
Há muito tempo não produz um grande sucesso, mas é incrível como segue popular e nunca sai da moda.

HP Pavilion Elite m9460br

HP Pavilion Elite m9460br

A HP anunciou uma série de desktops no Brasil que devem chegar a partir do mês de novembro. Desde modelos mais básicos, até máquinas poderosas, como o HP Pavilion Elite m9460br. E é desse último que vamos falar agora.

 

Para começar, configurações básicas já empolgam: Intel Core 2 Quad Q8200, 6 GB de RAM e HD de 500 GB. Ok, vai, com processador e memória desse nível, 1 TB no disco rígido não faria mal a ninguém. Mas não é isso que vai tirar o mérito da máquina.

O computador vem com leitor de Blu-ray e HD DVD (para quem guardou como relíquia) e gravador de DVD com suporte a Lightscribe, aquele recurso que grava rótulos nas mídias. Nos gráficos, ela vem com uma NVDIA GeForce 9300 GE com memória dedicada de 256 MB e saída de TV, DVI e HDMI.

Para o áudio, a máquina vem com um conjunto Realtek configurável para seis alto-falantes em 7.1 canais. Há também um sintonizador de TV e FM com software para gravar a programação e um controle remoto da HP integrado ao Media Center do Windows.

Completam o pacote um leitor de cartões de memória 15 em 1 e um monitor HP w2207, de 22 polegadas. O preço, que não deve ser muito atrativo, ainda não foi divulgado.

Aliás, veja a versão anterior do HP Pavilion Elite m9460br, o Media center m9360br, na seção Reviews do site da INFO.

Dica: para suportar 6 GB de memória RAM, a versão do Windows precisa ser de 64 bits. No caso, o HP vem com Windows Vista Home Premium de 64 bits. Máquinas que tenham versões do Windows de 32 bits – ainda a maioria, aliás – aproveitam apenas 3 GB de RAM. Ou seja, se você está se achando com seu superpc de 4 GB de RAM com um sistema operacional de 32 bits, pode chorar, porque 1 GB de RAM está sendo jogado fora.

Em julho do ano passado, no terraço de um hotel luxuoso de Nova York, centenas de executivos especializados em mainframe reunidos pela IBM viram um brasileiro subir ao palco. Tarqüínio Teles começou a falar do Taikodom, um jogo online que simula uma batalha espacial, e os olhos dos executivos fixaram-se nas imagens impressionantes de ação.

Por que Teles mostraria isso para eles? Porque o Taikodom é um jogo online massivo que roda em mainframe, não em servidores comuns. Começa a funcionar para o público na próxima quarta-feira, dia 15, a partir do centro de operações da IBM em Hortolândia (região de Campinas), depois de quatro anos de desenvolvimento e investimentos de 15 milhões de reais.

Teles e dois colegas da Universidade Federal de Santa Catarina – Cristovão Buzzarello e Thiago Luz – fundaram a Hoplon Infotainment, em Florianópolis. Criaram o universo ficcional, de galáxias em guerra no Século 23, depois o Bitverse, a tecnologia de mundos virtuais e jogo massivo. Cada jogador escolhe seu avatar, seu status de personagem (patrulheiro, transportador, pirata, capitão etc.) e pilota uma nave.

A opção pelo mainframe foi pelo grau de detalhe do jogo e suporte para 40 mil jogadores simultâneos. Além do maior poder de processamento, o sucesso do jogo depende de links de alta capacidade, pois o atraso de dados em um jogo de ação online pode simplesmente condenar o empreendimento. O centro de Hortolândia tem link direto com operadoras nacionais e internacionais e acabou sendo escolhido.

O jogo será gratuito, ao contrário do plano inicial, que previa assinatura e compra de tempo de jogo. Agora, a receita do Taikodom virá de publicidade, que a Hoplon promete que não será intrusiva, mas inserida nas imagens das naves ou cenários. Uma moeda, chamada Hoplon, será vendida a quem quiser incrementar as naves ou acessar funções especiais. Também foi criada literatura impressa, a minissérie “Eterno Retorno”.

Mainframe, revista impressa… parece papo de velharia para os techies de plantão. Para quem tem alguma dúvida se esta é uma iniciativa da velha guarda ou Web 2.0, confira o jogo semana que vem em http://www.taikodom.com.br.

O método consiste em colocar todos os candidatos num galpão e disponibilizar 200 tijolos para cada um. Não dê orientação algumasobre o que fazer. Em seguida, tranque-os lá e, pós seis horas, volte e verifique o que fizeram.

Segue a análise dos resultados:

1 – Os que contaram os tijolos, contrate como contadores.
2 – Os que contaram e em seguida recontaram os tijolos, são auditores.
3 – Os que espalharam os tijolos e os classificaram pela forma e propriedades físicas são engenheiros.
4 – Os que tiverem arrumado os tijolos de maneira muito estranha, difícil de entender, coloque-os no Planejamento, Projeto e Implantação e Controle de Produção.
5 – Os que estiverem jogando tijolos uns nos outros, coloque-os em Operações.
6 – Os que estiverem dormindo, coloque-os na Segurança.
7 – Aqueles que picaram os tijolos em pedacinhos e estiverem tentando montá-los novamente, devem ir direto à Tecnologia da Informação.
8 – Os que estiverem sentados sem fazer nada ou batendo papo-furado, são dos Recursos Humanos.
9 – Os que disserem que fizeram de tudo para diminuir o estoque mas a concorrência está desleal e será preciso pensar em maiores facilidades, são vendedores natos.
10 – Os que já tiverem saído, são gerentes.
11 – Os que estiverem olhando pela janela com o olhar perdido no infinito, são os responsáveis pelo Planejamento Estratégico.
12 – Os que estiverem conversando entre si com as mãos no bolso demonstrando que nem sequer tocaram nos tijolos e jamais fariam isso, cumprimente- os com muito respeito e coloque-os na Diretoria.
13 – Os que levantaram um muro e se esconderam atrás são do Departamento de Marketing.
14 – Os que afirmarem não estar vendo tijolo algum na sala, são do Departamento Jurídico.
15 – Os que reclamarem que o tijolo ‘estão uma merda, sem identificação, sem padronização e com medidas erradas’, coloque naQualidade.
16 – Os que estiverem chamando os demais de ‘companheiros’, elimine imediatamente antes que criem um sindicato.

Próxima Página »