maio 2008


Projetor
A empresa coreana Earth Trek apresentou um minúsculo projetor, o 90-805R, capaz de transformar qualquer parede em uma tela de 22 polegadas de diagonal.

O pequenino mede apenas 5,8 por 2,5 por 10,5 centímetros e pesa 160 gramas, possui botões direcionais, ajuste manual de foco e alto-falante embutido.

Para quê ele serve? Para exibir vídeos gravados em cartões de memória SD encaixados no slot do 90-805R ou reproduzidos em aparelhos conectados à entrada AV. Segundo o fabricante, a bateria é suficiente para até duas horas de projeção. O preço não foi divulgado.

SSD

A Samsung anunciou um drive SSD (Solid State Disk) de 2,5 polegadas com 256 GB de capacidade e interface SATA II. É o menor e mais rápido disco de memória flash do mundo, de acordo com a fabricante.

A velocidade do drive é de 200 MB/s por segundo para leitura e 160 MB/s para escrita, 2,4 vezes superior a de um HD convencional. Ele tem apenas 9,5 milímetros de profundidade e mede 10 por 6,9 centímetros (largura e altura).

A Samsung começará a fabricação em massa do SSD de 256 GB ainda neste ano. Os primeiros notebooks com o disco devem começar a ser vendidos no mês de setembro. Uma versão de 1,8 polegadas do SSD de 256 GB tem previsão para chegar ao mercado no último trimestre de 2008.

O clima de New Orleans se fará presente do dia 21 a 25 deste mês durante a sexta edição do Rio das Ostras Jazz & Blues Festival. Apontado como o melhor da América Latina pela Downbeat Magazine, a “bíblia do jazz”, o evento acontecerá durante o feriadão de Corpus Christi e irá reunir os melhores músicos da atualidade. Os shows gratuitos acontecerão em três palcos ar livre localizados em Costa Azul, Praia da Tartaruga e Lagoa de Iriry.

Estarão no palco artistas consagrados como John Mayall & The Bluesbreakers, John Scofield, James “Blood” Ulmer, Vernon Reid – líder do Living Color, Will Calhoun Band, Regina Carter, Russell Malone, Bonerama e The Godfathers of Groove (Masters of Groove), Grant Green Jr, além da participação especial de Léo Gandelman. Entre as atrações nacionais, podemos destacar Blues Etílicos, Taryn Szpilman, Dudu Lima, com participação especial de Marcos Suzano e Jean-Pierre Zanella, Robson Fernandes Blues Band, Mauro Senise Quarteto e Delicatessen.

O evento será aberto pela Orquestra Kuarup da Fundação Rio das Ostras de Cultura, regida pelo maestro Nando Carneiro. A apresentação em Costa Azul será uma homenagem aos 50 anos da Bossa Nova e contará com as participações especiais de David Ganc e Mário Séve, nos saxes e flautas.

Para quem curte Rock e gosta de um ambiente bastante alternativo a boa desta sexta ( 16/05/2008 ) é o Néctar. Vão rolar shows das bandas Ju and The Playmobils e Crossroads. No repertório Aerosmith, Ozzy, Lenny Kravitz, Guns, Whitesnake e clássicos dos anos 70 como Deep Purple entre outros.

Néctar – Núcleo Ecológico de Cultura e Trabalho Alternativo Rural
Est. dos Bandeirantes, 22.774-Vargem Grande-RJ – CEP 22783-119
Tel: (21)2428-1387 FAX: (21)2428-2168 ou CELULAR: (21) 9168-7109
http://br.geocities.com/nectarsom/

 

Na infância, o músico inglês era admirador de pioneiros do blues americano como Leadbelly e Pinetop Smith. Aos 30 anos, começou a fazer história no genêro musical de seus ídolos e não parou mais. Em forma, à frente da banda que já teve entre seus integrantes estrelas do rock como Eric Clapton e o ex-Rolling Stone Mick Taylor, Mayall, 74 anos, seis netos, incluiu o Brasil na turnê internacional que promove seu 56° CD, In The Palace of The King, um tributo ao guitarrista texano Freddie King (1934-1976). No show marcado para quinta (15), no Canecão, o mestre divide o palco com os músicos Buddy Whittington (guitarra), Hank Van Sickle (baixo) e Joe Yule (bateria), membros do Bluesbreakers, que conserva a mesma formação há quinze anos. Antes, na abertura da noite, o cantor e guitarrista brasileiro Big Joe manfra vai mostrar o repertório do DVD Big Band Ao Vivo.

Classificação Etária: 15 anos
Local: Canecão Petrobrás
End.: Av Venceslau Bras, 215, Botafogo
Tel.: 21 2105.2000
Valores: R$ 20,00 a R$ 150,00

Depois da Asus com seu EEPC, a Positivo resolveu apostar na idéia e vai lançar em breve sua versão de mini-note no dia 23 de maio.


Este é o Mobo, o primeiro ultraportátil da fabricante brasileira Positivo Informática. E, convenhamos, a maquininha surpreende.

As configurações são basiconas, como se espera de um computador assim: processador VIA de 1 GHz, 512 MB de memória RAM e capacidade de armazenamento em memória flash de 2 GB, que pode ser aumentada com o uso de cartões SD, MMC, MS ou com um HD externo. A tela é de 7 polegadas e a bateria tem autonomia nominal de 4 horas.

O sistema operacional é um Windows XP Home com algumas modificações. A Microsoft, que estava presente no anúncio esta manhã, disse que manterá a distribuição da versão do XP para ultraportáteis até 2010. As versões clássicas do XP deixam o mercado até o final de junho de 2008.

Mas voltemos às configurações. O Mobo traz duas portas USB 2.0, webcam integrada e Wi-Fi nos padrões b e g. Nos aplicativos de escritório, esqueça o Office, mas ele já vem com o BrOffice pré-instalado, uma boa!

O teclado é em português, um pouco desconfortável, por causa das teclas pequenas. Por isso, não vá esperando uma incrível experiência de navegação na maquininha. Usamos por alguns minutos (em pé, apoiado tranquilamente na palma da mão). A imagem na tela não é das melhores, fica um pouco embaçada, sem brilho. E mesmo a navegação no IE é um pouco prejudicada em sites que possuem páginas muito largas.

Mas dá pra se acostumar principalmente se pensarmos que é um equipamento para se usar em ambientes, digamos, “ultra móveis”.

Sim, o próprio presidente da Positivo, Hélio Rotenberg, disse que não é porque o Mobo é um notebook barato – o preço no varejo será de 999 reais – que o foco dele é no consumidor de baixa renda, como os da classe C, responsável por 67% das vendas da Positivo em 2007. “O Mobo é um segundo notebook do usuário, muito mais voltado para as classes A e B”, afirmou Rotenberg durante a coletiva.

De fato, o Mobo é muito prático para levar numa reunião ou para a sala de aula. Outros atributos são o peso – apenas 1,1 Kg -, além de ser pequeno o bastante para caber dentro da bolsa e passar despercebido por ladrões.

Apesar de ser difícil escolher entre o Mobo e o ultraportátil mais popular do mundo, o Eee PC, da Asus, há de se levar em conta o preço mais baixo (o Eee PC sai por cerca de 1 200 reais em lojas online conhecidas) e a capacidade de produção em massa e suporte da Positivo. Achar um Eee PC à venda hoje não é tarefa das mais fáceis, principalmente para quem está fora dos grandes centros comerciais.

HP Pretende entrar pesado na briga





Na terça, Hewlett-Packard deve anunciar oficialmente o lançamento de seu concorrente para a categoria. O mini-notebook pesa 2.6 pounds, tem uma tela de 8.9 polegadas e resolução de 1280×768. Como opcionais tem a Webcam, o sistema operacional e o armazenamento: por $499, o equipamento virá com SUSE Linux e com um drive SSD de 64GB.

O Mini-Note também tem Wi-Fi, portas USB e Ethernet.

A Apple confirmou que fechou com a Claro para venda do iPhone no Brasil.
Rumores dizem que os primeiros modelos devem estar a venda próximo ao dia dos namorados. Será?

Próxima Página »