Trent Reznor, da banda-de-um-homem-só Nine Inch Nails, já faturou US$ 750 mil em apenas três dias com o lançamento de “Ghosts I-IV”, disco instrumental que teve sua primeira parte disponibilizada de graça e de forma legal na internet, mas também oferecido em edições de luxo que variavam entre US$ 5 e US$ 300. 

O trabalho é o primeiro depois do fim do contrato com a Interscope, afiliada da Universal. Nos últimos tempos, Reznor vinha reclamando das estratégias da indústria e, principalmente, do valor dos CDs nas lojas.

“Ghosts I-IV” é composto de quatro discos, em um total de 36 faixas, que podem ser comprados por US$ 5 em sua versão digital, US$ 10, pelo CD e o downwload, e edições de US$ 75 e US$ 300 que incluem um disco Blu-ray, um DVD-áudio, vídeos, encarte de luxo, entre outros itens.

De forma diferente, a jogada segue a idéia do Radiohead, que vendeu seu mais recente disco, “In rainbows”, no formato “pague-o-quanto-quiser”.

Anúncios